3 maioneses caseiras sem ovos e perfeitas para os veganos e quem quer emagrecer!

   

Você gosta de maionese?

O problema da maionese produzida pela indústria são os aditivos.

Deixa a gente explicar: maionese é para ser feita basicamente somente com ovos, sal e óleo.

No entanto, a maionese industrializada possui também acidulantes, conservantes, corantes, realçadores de sabor…

É por isso que você deve fazer a sua própria maionese em morada.

O sabor de uma boa maionese caseira não se compara ao de uma industrializada.

Não sabe fazer maionese?

Relaxe: neste post, vamos ensinar a você porquê preparar a sua maionese caseira.

São três opções.

Todas sem ovos e totalmente veganas.

Cá estão as receitas:

1. Maionese de legumes

INGREDIENTES

3 cenouras

4 batatas

Água

1 colher (sopa) óleo extravirgem de oliva

2 dentes de alho

1 colher (sopa) alecrim (sequioso ou fresco)

1 colher (sopa) de tempero virente (salsa, coentro ou cebolinha)

1 pitadinha de cúrcuma/açafrão-da-terra

MODO DE PREPARO

Cozinhe as cenouras e as batatas com somente água.

Espere esfriar e depois roupão esses legumes no liquidificador com um pouco da água do decocção, o suficiente para o liquidificador funcionar.

Adicione o óleo, o alho, o alecrim e o tempero virente e deixe o liquidificador trabalhando por cinco minutos, até a maionese permanecer cremosa.

Consuma em verduras cozidas, saladas, recheios, sanduíches e outros pratos.

Deve ser conservada na geladeira.

Mas, por ser um resultado originário, precisa ser consumida o mais rápido possível.

2. Maionese de coco virente

INGREDIENTES

1 xírostro (chá) da polpa do coco virente

2 colheres (sopa) de óleo extravirgem de oliva

1 colher (café) de sal (se possível, sal rosa do Himalaia)

1 colher (sopa) de vinagre de maçã

3 colheres (sopa) de suco de limão

12 folhas de salsa/coentro

1 pitada de cúrcuma/açafrão da terreno

MODO DE PREPARO

A preparação é muito fácil.

Basta fustigar muito todos os ingredientes no liquidificador.

O objetivo é obter um creme muito homogêneo.

Use a maionese em saladas.

Na geladeira, ela se defende muito por até três dias.

3. Maionese de castanha de caju

INGREDIENTES

1 xírostro de castanhas de caju (lave, deixe de molho por quatro horas e depois seque muito)

Meia xírostro de água filtrada

2 colheres (sopa) de suco de limão espremido na hora

2 colheres (chá) de vinagre de maçã

1 colher (chá) de mostarda

1 dente de alho finamente picado

1 colher (chá) de sal

Meia xírostro de óleo de oliva extravirgem

MODO DE PREPARO

Adicione todos os ingredientes, exceto o óleo, no liquidificador e roupão em subida velocidade.

Liquidifique até permanecer homogêneo e cremoso.

Desligue o aparelho.

Raspe as laterais do copo do liquidificador.

Ligue outra vez o liquidificador na velocidade mais baixa e lentamente comece a juntar o óleo, mantendo o ritmo manente.

Não acrescente o óleo muito rápido.

No meio deste processo, desligue o liquidificador, raspe as laterais e, em seguida, inicie novamente, prosseguindo com a adição de óleo.

Perto do termo, aumente a velocidade um pouco e termine de colocar o óleo.

Transfira a maionese para um frasco de vidro com uma tampa muito apertada e coloque na geladeira.

A maionese permanecerá mais espessa quanto mais tempo permanecer na geladeira e será muito semelhante em consistência a uma maionese tradicional, embora possivelmente um pouco mais grossa.

Conserve na geladeira de sete a dez dias.

Oriente é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um profissional. Consulte sempre seu médico.

Manancial: trato pela natureza

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*